Granola emagrece, evita câncer, doenças intestinais e envelhecimento

Mesmo muito calórica, mistura de cereais pode queimar gorduras e trazer benefícios se consumida do jeito certo

Você sabe se granola engorda ou emagrece? Há quem consuma os cereais acreditando ser bom para a dieta, enquanto muitos falam sobre o ganho de peso que eles proporcionam. É bem verdade que a granola possui um alto valor calórico, mas, ao mesmo tempo, pode trazer uma série de benefícios para o corpo, evitando câncer,doenças intestinais e prevenindo contra o envelhecimento precoce, além de, sim,emagrecer!

Mas, é claro, isso depende da forma de consumo do mix de cereais torrados, castanhas, sementes e açucares. “A granola possui baixo teor de gordura e nutrientes importantes à saúde em sua composição, como as fibras solúveis e insolúveis, vitaminas, minerais e ácidos graxos insaturados. Apesar disso, possui valor calórico importante e deve ser consumida dentro de um contexto de alimentação saudável, sendo que 40g, o equivalente a três colheres de sopa, possui em média 150 calorias”, explica a nutricionista Cintya Bassi, do Hospital e Maternidade São Cristóvão.

Créditos: ShutterstockPara não engordar, é preciso comer menos de 2 colheres de sopa granola ao dia e evitar adicionar ingredientes muito calóricos (Créditos: Shutterstock)

O ideal para aproveitar os benefícios da granola sem aumentar o peso é consumir cerca de 20g (uma colher e meia de sopa) ao dia, sempre adicionada a alimentos com baixo teor calórico. “É geralmente consumida com iogurtes, frutas, vitaminas ou açaí. No caso do iogurte, se a intenção é emagrecer, os gregos não são os mais indicados, porque agregam valor calórico maior. Dê preferência às versões light”.

Ainda de acordo com a especialista, uma boa pedida é consumir o cereal especialmente no período da manhã e antes de atividades físicas, “justamente por ser um dos alimentos de maior poder reconstituinte”. É importante também que pessoas com doenças crônicas, como diabetes, atentem-se aos rótulos, uma vez que a composição é variada e pode apresentar açúcar – nesse caso, a versão diet é mais indicada.

 

Entenda por que granola emagrece

Graças à alta concentração de fibras, a granola pode promover uma grande sensação de saciedade, o que evita a fome mais cedo e ajuda a controlar o apetite. Além disso, os minerais presentes, em especial selênio e zinco, são ricos em substâncias antioxidantes. Isso garante uma desintoxicação do organismo, essencial para que as células funcionem bem, aumentem o metabolismo e auxiliem na queima de gorduras.

 

Mais benefícios

A nutricionista Cintya Bassi conta ainda as demais propriedades da granola. “As fibras solúveis são substratos para os microorganismos benéficos da flora intestinal, que auxiliam na produção de vitaminas do complexo B e atuam protegendo as paredes do cólon e do intestino, podendo reduzir a incidência de câncer e doenças no aparelho digestivo”.

Além disso, melhoram o controle glicêmico, possui nutrientes que melhoram a disposição e energia do indivíduo e os minerais selênio e zinco previnem contra o envelhecimento das células. Cintya aproveita para alertar: “A ingestão deve estar atrelada ao aumento no consumo de água, pois o processo de digestão das fibras necessita de líquido. Caso seja insuficiente, pode causar constipação”.

 

Qual granola comprar?

Não existe uma legislação para definir a composição das granolas, por isso podem apresentar inúmeras opções, compostas de diferentes elementos e em quantidades variadas. A versão light possui em geral alimentos com menor valor calórico, como sementes e frutas. Já a normal possuir maior quantidade de açúcares e frutas oleaginosas. Se o objetivo for perder peso, opte pela light, mas ambas devem ser consumidas com moderação.

Gosta de granola? Veja no vídeo uma opção bacana para comê-la com banana.

Vimos em: BolsadeMulher

Falando sobre isso

Leave a Reply