Grávida, ela começou a apresentar um soluço frequente. Se não tivesse corrido para o hospital ela e o bebê poderia ter morrido por isso

Llyrus Baptista, 22 anos, passou por um grande susto quando estava com 36 semanas de gestação.

Parecia que ela estava tendo soluços, mas esses soluços se intensificaram e, na verdade, era muito mais grave: Liyrus estava convulsionando!

 O marido de Llyru, Shaun, suspeitou que algo grave poderia está ocorrendo e ligou para a emergência. “O fato do meu marido ter agido tão rapidamente salvou a minha vida e a de minha bebê. Senti como se eu estivesse tendo soluços constantemente, mas estava tomando meu corpo inteiro e eu não podia controlar. Foi horrível, mas eu sabia que minha bebê ficaria bem”, contou Llyrus em entrevista ao jornal britânico Mirror.

Depois de 25 minutos após chamar a emergência, a ambulância chego e Llyrus foi levada ao hospital e submetida a uma cesárea de emergência.

A criança nasceu saudável, mas Llyrus só pode segurar sua bebê no dia seguinte, por conta das convulsões que teve.

“Mas quando a segurei foi maravilhoso, hoje ela é uma bebê muito saudável”, contou Llyrus.

Os médicos constatara, que Llyrus havia sofrido as convulsões, pois ela estava com eclampsia. Esta condição é muito grave e pode levar a morte da mãe.

Llyrus decidiu contar sua história de forma aberta para alertar outras mães sobre essa condição que é gravíssima para as grávidas.

Antes de desenvolver eclampsia a gestante geralmente apresenta sintomas de pré-eclâmpsia, sendo que os principais são: pressão alta, muita dor de cabeça, muito inchaço, visão embaçada e fadiga.

Se você tiver esses sintomas, consulte seu médico o quanto antes.

Vimos em mae.digital

Falando sobre isso

Leave a Reply