Incluir grãos integrais na dieta aumenta a sua expectativa de vida

Chegou a hora de colocar mais pão integral, quinua e outras fibras no prato. Isso se você realmen

Os benefícios dos alimentos integrais você, provavelmente, já conhece: eles são ricos em fibras (por isso são ótimos para o nosso sistema digestivo) e podem controlar os níveis de colesterol e pressão arterial do seu organismo. A grande descoberta, agora, é que eles podem prolongar a sua vida. Foi o que concluiu a análise, publicada na revista científica Circulation, realizada com os resultados de 12 estudos feitos nos Estados Unidos, Reino Unido e países escandinavos, totalizando mais de 786.000 participantes.

A conclusão foi de que os voluntários que consumiram, pelo menos, 70 gramas (ou cerca de quatro porções) de grãos integrais por dia reduziram em 22% o risco de mortalidade (23% menos chances de morrer de doenças cardiovasculares e 20% de câncer) em comparação com aqueles que comiam pouca ou nenhuma porção de grãos integrais.

Como os resultados foram obtidos a partir de um número limitado de países, ainda não se sabe se as descobertas se aplicam a outras localizações geográficas. Contudo, o levantamento serve como um alerta, já que muitos americanos não consomem alimentos integrais como trigo integral, aveia, farelo de trigo, quinua, milho ou cevada. E, em muitos casos, dão preferência aos refinados, como pão branco e massas.

O consumo recomendando pela OMS é de 48 gramas de grãos integrais por dia. Para alcançar a meta, os pesquisadores recomendam incluir no cardápio os alimentos que têm, pelo menos, 16 gramas por porção (farelo de trigo, aveia e quinua). E como anda o seu consumo de alimentos integrais? Fica aqui o desafio #atitudeboaforma de bater a meta.

Vimos em mdemulher

Falando sobre isso

Leave a Reply