Incrível: o que acontece no cérebro de uma criança quando ela ouve a voz da mãe

Laços afetivos fortes com os pais são essenciais para um bom desenvolvimento infantil. Além de toques físicos, a comunicação também desempenha papel importante e, segundo um novo trabalho científico realizado pela Universidade de Stanford, os fatores vão além de questões emocionais e podem ser biologicamente verificados.

O estudo, divulgado pelo site da rede de TV CBS, contou com 24 crianças entre 7 e 12 anos criadas por suas mães biológicas, sem qualquer distúrbio de desenvolvimento. As mães gravaram suas vozes falando três palavras sem sentido, para não comprometer o estudo com algum significado emotivo que poderia influenciar a análise.

Através do escaneamento cerebral, os pesquisadores perceberam que as crianças conseguiram identificar as vozes de suas próprias mães com 97%, de precisão, mesmo depois de ouvir gravações de menos de 1 segundo, distinguindo vozes de mulheres desconhecidas.

As partes do cérebro afetadas incluem as áreas envolvidas na audição, emoções, sentimento de recompensa, processamento de informações sobre identidade e capacidade de reconhecimento facial. De acordo os pesquisadores, crianças com conexões mais fortes entre estas regiões do cérebro também apresentam boas habilidades de comunicação social.

Vimos em bolsademulher

Falando sobre isso

Leave a Reply