Lavar a vagina demais causa mau cheiro. Veja mais 4 hábitos que levam ao problema

O cheiro forte na vagina é bastante incômodo para a mulher. Segundo a ginecologista Bárbara Murayama, da Clínica da Mulher do Hospital 9 de Julho, o odor característico da área íntima é suave e formado por várias substâncias produzidas na região, como suor e secreções, que favorecem o surgimento de bactérias que protegem. No entanto, quando se proliferam mais do que deviam, acabam levando à alteração do odor, que, além de ser inconveniente, pode indicar a presença de alguma infecção.

Há muitos hábitos comuns no dia a dia que podem fazer com que essa proliferação fique desregulada e provoque odor forte na região íntima. Veja se você realiza algum:

Causas do mau cheiro vaginal

Higiene em excesso

Limpar demais a região é ruim, pois há pelos e secreções essenciais para a proteção da área e, com muita limpeza, fungos e bactérias podem ficar desregrados.

Falta de higiene

Mas não lavar, é claro, também é prejudicial. O ideal é limpar a área uma vez ao dia com água e sabão, limpando bem as ‘dobrinhas’ entre os lábios e ao redor do clitóris. A ginecologista diz que não é preciso usar sabonetes íntimos na hora de higienizar.

Calcinhas apertadas

As calcinhas muito justas, especialmente feitas de material sintético, impedem que haja respiração na região vaginal, facilitando a impregnação de fungos e bactérias. Prefira as de algodão.

Roupas justas

Além das calcinhas, outras peças justas, como calças, também são prejudiciais, pois causam o abafamento da região, criando um ambiente favorável à proliferação de bactérias e fungos. O ideal é optar por peças mais largas.

Absorventes diários

Os protetores de calcinhas também abafam a região da vagina. A dica é usá-los apenas nos últimos dias da menstruação e abandoná-los fora do período menstrual.

Vimos em vix

Falando sobre isso

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*