Ludmilla é humilhada e acaba parando em delegacia, veja

A cantora Ludmilla teve momentos de muitos holofotes durante o ano de 2016. Prêmios, álbuns, polêmicas, novo estilo, novas aparições na telinha e muito mais, mas na última semana o babado foi outro e Ludmilla teve que parar na delegacia para resolver a situação.

Ludmilla desembarcou na semana passada em um aeroporto de Florianópolis e como de costume, posou para várias fotos com os fãs que a aguardavam no local. Até aí tudo bem, aliás a famosa tem um vínculo muito próximo com os fãs e por onde passa esbanja carisma e simpatia! Durante esse momento, uma mulher ainda não identificada, se referiu à cantora como “Nega safada”, o que levou Ludmilla a resolver o caso na polícia.

A cantora prestou queixa contra a mulher pela forma preconceituosa que foi chamada e o ocorrido bombou nas redes sociais com muitas mensagens de revolta contra a situação.

Racismo é crime perante a Lei e assim como qualquer outro tipo de preconceito, o preconceito racial é passivo de processo e até mesmo prisão. Ludmilla agiu bem por não ter rebatido e sim procurado os seus direitos diretamente com órgãos de justiça. O que aconteceu com a cantora acontece com muitos brasileiros e brasileiras e muita das vezes as pessoas não sabem como agir em uma situação de racismo, portanto, a atitude da cantora serve como exemplo. Em caso de qualquer injúria racial, procure uma delegacia e realize um boletim de ocorrência, pois racismo é crime e deve ser combatido em qualquer momento e situação.

Falando sobre isso

Leave a Reply