Mãe de Danielle Winits tem barriga impressionante aos 63 anos: 4 truques dela

Nadja Winits tem 63 anos e dois filhos: uma delas é Danielle Winits, que ela teve aos 20 anos. O outro, Vitor, de quem ela engravidou aos 48. Recentemente, Nadja postou em seu Instagram uma foto em que aparecia de biquíni, mostrando a barriga sequinha e malhada, ganhando muitos elogios pelo corpo enxuto. Como ela consegue manter a forma depois dos 60 anos, tendo engravidado quase aos 50?

Corpo da mãe de Danielle Winits: dicas de boa forma

Ao EGO, Nadja contou que mantém o mesmo peso – 60 kg, distribuídos em 1,68 metro – desde os 35 anos, quando visitou um geriatra pela primeira vez. Confira algumas das atividades realizadas por ela para conseguir conservar o corpão.

Para manter o peso, uma das armas de Nadja Winits é a dança

Ballet
A modalidade de dança está presente na vida de Nadja desde que ela é adolescente. O ballet emagrece porque recruta todos os músculos do corpo para que os movimentos sejam sustentados da forma correta. Essa ativação muscular queima muitas calorias. Outra vantagem é que a força das posições está centrada no abdômen, que precisa estar sempre contraído durante a execução das posturas. As estruturas das pernas, do bumbum, das costas e dos braços também são extremamente requisitadas. O resultado é um corpo mais alongado, firme e com “tudo nos eixos”. Quando não faz ballet, Nadja diz que faz aulas de danças de outros ritmos.

Yoga
Originária da Índia, a técnica prega a disciplina física atrelada à mental e tem várias modalidades: uma delas é o Power Yoga, da qual Nadja se considera uma das precursoras no Brasil. As posturas do Power Yoga exigem bastante força física e sustentação muscular; é uma forma de trabalhar o corpo de maneira vigorosa, seguida de um estado de relaxamento que viria com mais facilidade, dado o cansaço provocado pelas posições – é o chamado estado de “meditação dinâmica”. Além de o yoga emagrecer, ele também promove o alongamento e tonificação da massa magra, melhorando também a capacidade cardiorrespiratória.

Musculação quase que diariamente
A musculação é uma das formas mais eficientes de estimular a massa magra do corpo: os movimentos criam “microlesões” nos músculos, que se regeneram e se fortalecem nesse processo. Por isso, que malha regularmente costuma ter tudo “durinho” e vai gradualmente substituindo gordura por músculo. Como a musculação acelera os batimentos cardíacos, ela também contribui para a queima de calorias e para o aumento no ritmo do metabolismo, fazendo com que o emagrecimento venha mais rápido. É importante ter o acompanhamento de um profissional de educação física, para evitar lesões ou sobrecargas de articulações.

Nadja aposta em musculação, yoga, dança e bicicleta para manter a forma depois dos 60

Substituir o carro pela bicicleta
Segundo Nadja, esta é a principal dica para emagrecer e manter-se saudável. Além de ser uma atitude amiga do meio ambiente, pois a bicicleta é um meio de transporte totalmente limpo e, assim, diminui a emissão de gases tóxicos na atmosfera, a bicicleta é uma grande aliada da perda de peso. A força exercida sobre os pedais trabalha grandes músculos de forma global: pernas, coxas e barriga são altamente ativados para que o movimento de pedalar seja realizado. A parte cardiovascular também fica fortalecida. O melhor é que mesmo quem tem problemas articulares pode andar de bicicleta sem medo: a atividade não exerce impacto sobre os tendões e as articulações.

Vimos em Bolsa de Mulher

Falando sobre isso

One comment

  1. Com essa idade vc està muito bem, eu tenho 45 anos e não me troco por nenhuma de 20…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*