Mãe se recusa a amamentar sua bebê com deformação por achar que ela foi amaldiçoada

Recém-nascida foi diagnosticada com a rara doença Harlequin Ichthyosis

Priyanka Kumari, uma mãe de 25 anos que acabou de dar à luz uma menina, na Índía, rejeitou-a por esta ter nascido com uma deformação.

A jovem acredita que a sua filha nasceu “amaldiçoada” e por isso recusa-se a amamentá-la. A bebê, que ainda não tem nome, apresenta um crescimento anômalo na cabeça e os olhos esbugalhados.

A doença é conhecida como “Harlequin Ichthyosis” e, na maior parte dos casos, é causada por subnutrição durante a gravidez. As hipóteses da criança sobreviver são de uma para 10 milhões.

A jovem mãe sente-se desolada e horrorizada. “Não acredito. Rezei tanto a deus para que me trouxesse uma criança saudável. Como é que eu trouxe algo assim a este mundo?”, disse Priyanka Kumari ao ao jornal britânico The Mirror.

Screenshot_2

O pai também não se mostrou menos assustado. “Estou completamente em choque. Não sei o que vou fazer. Vou tentar seguir as instruções dos médicos”, afirmou Balindra, o marido de Priyanka.

A situação desta bebê recém-nascida causou enorme comoção no país. Alguns fiéis têm feito orações pela menina, pois acreditam que ela possa ser uma reencarnação de um deus hindu.

A ictiose Arlequim não tem cura, mas o bebê pode receber o tratamento logo após o nascimento na UTI neonatal, direcionado para diminuição do seu desconforto. O objetivo é o controle da temperatura a partir de técnicas de hidratação da pele. São administradas doses de vitamina A sintética e, em alguns casos, podem ser realizadas cirurgias de autoenxerto de pele.

Apesar da dificuldade, após cerca de 10 dias alguns bebês conseguiram ser amamentados. No entanto são poucos que chegam a completar 1 ano de vida. A mulher da foto abaixo conseguiu sobreviver.

150929231124

Este é um site de noticias,curiosidades e tratamentos,ele não substitui um especialista.Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply