Modelo conhecida como Índia Fitness faz dieta com “alimentos” bizarros

Se você achava que a alimentação da apresentadora Bela Gil era excêntrica e alternativa demais, certamente ficará chocada ao descobrir o que esta modelo come para manter a boa forma e beleza. Conhecida como Índia Fitness, Cintia Valletim afirma que segue as tradições de seus ancestrais indígenas com o objetivo de conquistar o corpo perfeito.

Como toda musa fitness, ela aposta em uma alimentação rica em proteína – porém, proveniente de fontes consideradas nojentas por muitos: insetos.

Cintia consome larvas e formigas fritas no óleo de coco. “É excelente para quem quer perder peso”

“Algumas pessoas acham estranho, exótico, inclusive meu médico, mas numa época eu mesma montei a minha própria dieta: a dieta dos insetos. Comia larvas brancas, que são proteicas, e formigas tanajura, que eu adoro, fritas no óleo de coco. É uma excelente maneira para quem quer perder peso, só parei porque queria ter mais coxa e bumbum! Vira e mexe eu como um insetinho, meu médico vai me matar por falar isso. (Risos)”, contou a moça ao Ego.

Porém, nem só de bichos rastejantes vive Cintia. Segundo conta, seu médico, Mauro Albuquerque, elaborou um cardápio equilibrado especialmente para ela, todo baseado na típica alimentação indígena – com exceção de um suplemento nutricional para ganho de massa magra.

“Ele fez uma dieta indígena especialmente para mim. Tem muito peixe, carne, beiju e oleaginosas, tudo de acordo com a minha origem. A única coisa a que os meus ancestrais não tinham acesso era o Whey Protein! (Risos)”, revelou a Índia Fitness, que mede 1,67 m e pesa 63 kg.

Apesar de não saber qual é a tribo de seus ancestrais, ela conta que a índia da família era sua avó, que morava no mato e foi laçada por seu bisavô. “Até brinco que, se fosse hoje em dia, isso seria estupro.”

A modelo afirma que só posará nua por um bom cachê e em um ensaio que valorize suas origens indígenas

Cintia afirma que é cobrada diariamente nas redes sociais para fazer um ensaio sensual. “Sobre o nu, é algo natural na minha cultura, mas não acho que vale a pena se expor muito por pouco. Faria, mas desde que valesse a pena financeiramente e fosse uma ensaio temático valorizando a minha descendência.”

vimos em:bolsademulher

Falando sobre isso

Leave a Reply