Nove mentiras que contamos a nós mesmos com frequência

Ninguém gosta de mentirosos. Quando descobrimos uma falsidade, em geral ficamos bravos e decepcionados, mas nos esquecemos que, frequentemente, somos nós os maiores mentirosos. nove mentiras que costumamos nos contar, como elas se manifestam e quais as suas possíveis consequências.

1. Sou vítima do meu passado

Você não é vítima do seu passado, você é vítima e personagem principal do seu presente. Sim, as coisas que aconteceram determinam o que você é atualmente, mas o seu passado continuará te perseguindo apenas se você permitir.

  • Lembre-se: ao se prender ao passado você sacrifica o seu presente.

2. Sou muito velho para isso

A idade não importa.

  • Nelson Mandela tinha 76 anos quando se tornou presidente.
  • Leonardo Da Vinci pintou a Mona Lisa aos 51 anos.
  • O coronel Sanders, aos 61 anos, fundou o KFC.

Existem muitos outros exemplos. Enquanto você duvida da própria capacidade e pensa que o seu tempo já acabou, perde cada vez mais a fé e as forças para realizar o que você poderia fazer.

  • Lembre-se: você jamais será muito velho ou muito jovem para a sua vocação.

3. O dinheiro não me ama

Em primeiro lugar, dinheiro não foi feito para amar ou ser amado. Em segundo lugar, não se condene ao fracasso com antecedência.

  • Comece com pouco e deixe o sonho ficar grande com o passar do tempo.

4. Quando eu tiver, serei feliz

Pare de usar o verbo ter como sinal de felicidade. Ela não chega por meio do sucesso. Este tipo de alegria é passageira.

  • Procure a felicidade nas pequenas coisas, elas duram mais tempo e são muito mais recompensadoras para o espírito.

5. Posso deixar para mais tarde

Esta é a mentira mais comum que costumamos nos contar. O problema é que nós nunca sabemos quanto tempo temos na realidade. Um dia, você pode se desesperar e perceber que já não tem tempo para fazer tudo que havia adiado. Ninguém sabe o que nos reserva o futuro. Xô, postergação.

  • Se você vive esperando o momento correto para fazer alguma coisa, esse momento pode já ter passado e nunca mais voltar, ou pode simplesmente nunca chegar.

6. Sou um fracassado: minhas tentativas foram em vão

Pare de pensar em como deveria ser a sua vida e comece a pensar em trabalhar no que é real. Mesmo se as coisas ainda não estão caminhando como deveriam, isso não quer dizer que você não conquistou nada. Não desista!

  • O sucesso é um processo feito de pequenos passos, com ações e soluções que pouco a pouco nos levam aos objetivos.

7. Ninguém me entende

Isso é o que a maior parte das pessoas pensa. Não pense que as pessoas não te entendem simplesmente porque elas não concordam com você.

  • Lembre-se: as diferenças são bonitas e, às vezes, é muito importante conhecer opiniões diferentes das nossas.

8. Não sou como ele, isso não vai dar certo

Todos somos diferentes e temos algo a acrescentar. Vivemos nos comparando com as outras pessoas, em geral com a carreira dos outros, mas nos esquecemos que cada um tem um tipo de vida, um tipo de aspiração. Não incorpore os objetivos dos outros.

  • Mude a sua maneira de pensar e pense na frase de um outro jeito: se ele pode e eu quero, eu também posso.

9. Tenho uma dificuldade de criança, não vou conseguir

Aquilo que você mais odeia em você e que tenta esconder é, na realidade, aquilo que te torna único. Olhe para si como a pessoa que mais te ama e descubra que você é maravilhoso.

  • Seus complexos são a sua essência, tenha orgulho deles.

Este é um site de noticias,curiosidades e tratamentos,ele não substitui um especialista.Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply