O que são e por que existem aquelas pequenas manchas flutuantes em nossa visão?

Você certamente já se pegou observando a paisagem ou mesmo assistindo a televisão, e percebeu que algumas “machas” transparentes dançavam no seu campo de visão. Você fecha os olhos, coça-os um pouquinho e os abre novamente, mas lá estão as manchas movendo-se mais e mais.

Mas afinal, o que seriam essas manchas que não param quietas? E por que elas não somem nem quando esfregamos os olhos? Bem, o principal motivo é porque essas manchinhas não estão sobre a parte externa do globo ocular, mas dentro dele.

São as chamadas moscas volantes: pedaços de tecidos, proteínas ou até mesmo glóbulos vermelhos que ficam suspensos no líquido contido no interior dos nossos olhos, o humor vítreo. As manchas são, na verdade, sombras projetadas no nervo ótico provocadas por essas minúsculas partículas durante a passagem da luz. Por isso, não adianta mesmo coçar, lavar ou usar colírios para se livrar delas.

fenomenos_olhos1

Entretanto, fica o alerta para os casos em que esse fenômeno atrapalha a visão de fato, pois pode caracterizar um problema mais grave que precisa ser tratado com o oftalmologista.

Outro fenômeno bastante comum são minúsculas bolas de luz que, assim como as moscas volantes – mas não iguais a elas – parecem dançar perante os nossos olhos. Conhecido cientificamente por fenômeno entópico do campo azul, são causados pela passagem dos glóbulos brancos pelos vasos capilares da retina.

fenomenos_olhos2

O vídeo a seguir ajuda a compreender bem todos esses fenômenos [legendas em Português br].

Vimos em https://youtu.be/Y6e_m9iq-4Q

Falando sobre isso

Leave a Reply