Ofereceram minha liberdade se eu dissesse que nunca fui estuprada’, revela Kesha

A cantora perdeu uma ação judicial movida contra seu produtor Dr. Luke, que é acusado de abusá-la física e psicologicamente

Em fevereiro deste ano, a cantora pop norte-americana Kesha perdeu a ação judicial movida contra o seu produtor, Lukasz Gottwald. A artista pedia o rompimento do contrato com Dr. Luke, que é acusado de forçá-la a consumir drogas e bebidas para depois abusá-la física e psicologicamente.

Kesha quebra silêncio e agradece apoio dos fãs e artistas

Após o apoio dos fãs e de celebridades, Kesha publicou uma foto no Instagram neste fim de semana para revelar um desdobramento dos bastidores do caso. Na foto compartilhada, ela afirma que ofereceram a ela “liberdade” em troca de uma mentira, pois ela deveria se desculpar publicamente e dizer que nunca foi abusada.
Ofereceram para mim liberdade se eu mentisse. Eu teria que pedir desculpas publicamente e dizer que nunca fui estuprada. Isso é o que acontece nos bastidores. Eu não irei retirar a verdade. Eu prefiro deixar a verdade arruinar a minha carreira do que mentir por um monstro outra vez”, escreveu ela.

A derrota na justiça ainda não terminou. De acordo com o a Suprema Corte, a audiência oficial sobre o caso só deve ocorrer em 2017.
Vimos em Catraca Livre

Falando sobre isso

Leave a Reply