Passei a incluir sementes de chia em minha dieta, e foi isto o que me aconteceu

 Uma experiência que aponta os grandes benefícios causados pelas sementes de chia, para que você passa a incluir esse extraordinário produto em sua alimentação cotidiana.

“Já havia ouvido falar muito dos efeitos milagrosos da semente de chia para a saúde. Muitos famosos que já adotaram esta planta em sua dieta dizem que obtiveram resultados significativos. Segundo estudos, a chia possui elevados teores de cálcio, proteínas, fibras e ômega 3. Então, decidi pesquisar mais a respeito.

O primeiro que descobri, para minha surpresa, é que, apesar de estar na moda hoje, a chia já era consumida há centenas de anos pelas civilizações maia e asteca. Para eles, este alimento era base da dieta. Sendo assim, pensei: “então isso deve ser bom”, e resolvi experimentar.

Como principais propriedades, as sementes de chia são muito saudáveis, já que não contêm glúten e, como mencionei, são ricas em ômega 3, antioxidantes e fibra. E isso não é tudo: para você ter uma ideia do seu grande valor nutricional, a especialista britânica Madeleine Shaw explica seu valor fazendo a seguinte comparação:

As sementes de chia possuem:

  • 5 vezes mais cálcio que o leite.
  • 3 vezes mais antioxidantes que os oxicocos — uma fruta parente da framboesa.
  • 3 vezes mais ferro que o espinafre.
  • 2 vezes mais fibras que a aveia.
  • 2 vezes mais proteínas que qualquer legume.
  • 2 vezes mais potássio que as bananas.

Impressionante, não? Sabendo disso, agora posso contar os benefícios que descobri

Para minha surpresa, as sementes de chia são muito saborosas

Se você ainda não experimentou essa iguaria, saiba que elas têm um sabor parecido com o de nozes, então é fácil combiná-las com os alimentos. Eu gosto de incluí-las em tortas, biscoitos e saladas.

Recuperei a energia que há tempos não tinha

Esta mudança foi uma das primeiras que comecei a notar. Assim como mencionei anteriormente, essas sementes têm duas vezes mais potássio que as bananas, o que é ideal para garantir energia para o seu dia.

Minha memória ficou mais rápida e fiquei mais produtiva

Eu tinha tantas coisas a fazer que sentia que minha cabeça ia explodir. Quando comecei a consumir as sementes de chia, passei a me organizar melhor, ficar mais atenta e produtiva. E isso tem uma explicação:

Como disse a nutricionista nutricionista Shaw, as sementes de chia garantem uma boa dose de ômega 3 (mais até que alguns peixes), o que ajuda o sistema nervoso central, as células e muitos de nossos órgãos vitais. Por isso, as sementes de chia são perfeitas para fortalecer sua memória.

Minha pele melhorou consideravelmente

Como elas ajudam na hidratação, sua pele fica mais nutrida. Isso é perfeito para atletas, já que as sementes absorvem de 10 a 12 vezes seu peso em água, o que mantém a pessoa hidratada por mais tempo.

Perdi peso sem perceber, e meu apetite diminuiu

Sempre tive dificuldades em ser constante com minha alimentação, comecei várias dietas muitas vezes. Porém, graças às sementes de chia, de repente passei a notar que minhas calças não estavam mais tão apertadas como antes.

Na verdade, elas são ótimas fontes de fibras (aceleram o processo digestivo) e, ao mesmo tempo, provocam saciedade. Eu as adiciono a praticamente tudo o que como: sucos, doces (que ficam deliciosos), saladas, carnes, molhos…

O excesso de gordura sumiu da minha silhueta, e passei a ficar mais tonificada

Ao me encher de energia, pude fazer as coisas que sempre quis e as quais adiava por cansaço. Uma delas foi fazer caminhadas regularmente: quando me exercito, queimo gordura e tonifico meu corpo. Ao mesmo tempo, o alto teor de proteína ajuda na formação de tecidos musculares. É incrível!

Livrei meu corpo das impurezas

Por ser uma fonte importante de fibras, a chia me ajudou a regular a flora intestinal. Eliminei líquidos e toxinas sem nem sequer perceber inicialmente. Hoje, aproveito deste bem-estar ao máximo.

Descobri que ajuda a aliviar dores nas articulações

Como me tornei fanática pelas sementes de chia, recomendei-as a minha mãe, para que ela também passasse a utilizá-las. Para minha surpresa, ela comentou que suas articulações não doíam mais como antes.

Investigando um pouco mais, descobri que o ácido do ômega 3 presente no alimento não apenas ajuda o sistema nervoso central, mas também possui propriedades anti-inflamatórias, o que alivia a dor nas articulações.”

ESTE É UM SITE DE NOTICIAS,TRATAMENTOS E CURIOSIDADES,ELE NÃO SUBSTITUI UM ESPECIALISTA.CONSULTE SEMPRE SEU MÉDICO.

Falando sobre isso

Leave a Reply