Pesquisa: mulheres acreditam que depilar virilha é “mais higiênico”; médicos afirmam o oposto

Além de considerarem uma escolha estética que facilitaria o uso de biquínis e a prática sexual, muitas mulheres acreditam que a depilação íntima é uma maneira mais higiênica de cuidar da saúde da vagina, segundo pesquisas. A verdade, no entanto, é que evidências científicas indicam exatamente o oposto.

Em entrevista ao site do jornal “Independent”, Vanessa Mackay, membro do Royal College de Obstetras e Ginecologistas, afirma que pelos pubianos são essenciais para prevenir a entrada de agentes patogênicos na vagina, pois oferecem uma barreira natural que diminui o contato da região com vírus e bactérias.

Além disso, a especialista aponta que os pelos na região íntima também ajudam a controlar a umidade da região, fator que diminui as chances de infecções fúngicas, e funcionam como uma espécie de “almofada macia” que protege a pele sensível dos lábios e da vagina.

Riscos da depilação íntima

De acordo com Vanessa Mackay, o hábito de retirar os pelos pubianos pode deixar minúsculas feridas que, no ambiente úmido e quente da vagina, cria um ambiente favorável ao crescimento de baterias. Irritações e inflamações de folículos pilosos também podem atrapalhar a saúde íntima.

Vimos em bolsademulher

Falando sobre isso

Leave a Reply