Presidente do STF autoriza auxiliares de Teori a prosseguirem com delações

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmem Lúcia, deu sinal verde para que juízes auxiliares e assessores de Teori Zavascki prossigam com as delações que fazem parte do cronograma de investigações da Operação Lava Jato. Morto em um Acidente aéreo em Paraty, no Rio de Janeiro, na semana passada, Teori era o relator da Lava Jato no STF.

Ainda que os trabalhos tenham ganho aceno de continuidade, falta à ministra Carmem Lúcia definir como se dará o processo de escolha do sucessor de Teori no STF. Uma das possibilidades ventiladas é fazer o sorteio do processo entre os membros da chamada “segunda turma”, na qual fazem parte Gilmar Mendes, Celso de Melo, Dias Toffoli e Ricardo Lewandoswki. Ainda não há uma definição sobre o tema.

O fato é que o cronograma de delações estabelecidos por Teori antes de sua morte será cumprido. A partir desta quarta, 25, auxiliares do ex-ministro comandarão as audiências dos delatores da empreiteira Odebrecht, que são 77, no total. Não deverá haver atraso naquilo que foi projetado pelo ex-ministro.

Nesta terça-feira, peritos da Aeronáutica que tiveram acesso à caixa-preta do avião ventilaram a possibilidade de “desorientação espacial” do piloto Osmar Rodrigues, o que teria originado a queda. Ainda não há um laudo oficial sobre a tragédia que matou o ex-ministro Teori Zavascki e mais quatro pessoas.

 

Este é um site de noticias, curiosidades e tratamentos, ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*