Provas de que o Brasil aceitava QUALQUER coisa nos anos 80 e 90

Os anos 80 e 90 sem dúvida deixaram saudade: afinal os hits mais populares tocados até hoje nas rádios, como o lançamento do tipo mais diferente possível de moda, bandas, além dos costumes que só os saudosos se lembram bem, marcaram a vida de muitas gerações de maneira positiva.

Entretanto, precisamos concordar que as décadas de 80 e 90 aceitavam de tudo: sim qualquer coisa mesmo. Desde capas de CDs e chocolates extremamente bizarras (ou tendenciosas), até aos costumes mais esquisitos, os quais podemos dizer que de fato sobrevivemos às bizarrices da mídia, e nem tudo era tão ruim assim.

Veja a seguir uma prova de que o Brasil aceitava de tudo nos anos 80 e 90:

15 – Podia fazer chocolates em forma de cigarrinhos e colocar uma criança na capa do produto fumando sim!

Estes cigarrinhos da Pan eram um sucesso nos anos 80, porém em 1996 foi retirado do mercado por ser considerado incentivo ao fumo para as crianças.

14 – Podia aparecer em um programa infantil usando este tipo de roupa:

13 – Podia fazer propaganda política portando armas:

Lula x Collor, em 1989.

12 – Podia vender pôsteres infantis dos assistentes de palco sem camisa:

O Marotos eram ajudantes de Mara Maravilha em seu programa.

11 – Podia deixar crianças semi nuas em propagandas:

10 – Ou deixar crianças totalmente nuas junto com adultos:

E passar muita, mais muita Seiva de Alfazema no corpo. Veja o comercial completo:

9 – Propagandas chatas com crianças repetindo “eu tenho, você não tem” era permitido:

8 – Discos infantis podiam ser desta maneira:

7 – Podia ir pro carnaval sem calcinha ou tapa-sexo:

E a TV muitas vezes dava close nas partes íntimas da pessoa.

6 – Podia dublar músicas pintado desta forma, sem correr o risco de parecer bizarro:

5 – Podia sair nua na Playboy aos 17 anos:

4 – Podia cantar esse tipo de música nos programas infantis, pois as crianças não entenderiam nada mesmo:

3 – Podia lançar um CD com este único hit:

2 – Podia sair marrento em contra-capa de CD de criança portando armas (ou um isqueiro) na meia:

1 – E fazer capas de CD desta maneira:

É isso aí: nós sobrevivemos

Este é um site de noticias,curiosidades e tratamentos,ele não substitui um especialista.Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply