Queima 48 horas promete secar até 15 kg em 2 meses com 15 min por dia

O Queima de 48 Horas é um programa de exercícios físicos que promete dar resultados equivalentes a um ano de atividade em apenas 8 semanas. Desenvolvido com base nos princípios do HIIT (Treino Intervalado de Alta de Intensidade, na sigla em inglês), o treinamento pode ser feito em qualquer lugar, por qualquer pessoa e utiliza somente o peso do próprio corpo – ou seja, não é preciso investir em barras, anilhas ou halteres.

“Queria encontrar o melhor exercício para emagrecer e, analisando artigos científicos, descobri que não é só o gasto calórico que determina o emagrecimento”, conta o preparador físico e coach Vinícius Possebon, criador do programa, citando um estudo em particular que comprovou que pessoas que fazem aeróbico de longa duração junto com dieta e pessoas que fazem somente dieta têm os mesmos resultados.

“O exercício aeróbico de longa duração, como andar 40 minutos na esteira, não é nem de longe a melhor forma de emagrecer, pois demanda muito tempo e, sozinho, não oferece resultados significativos”, afirma o profissional, que está lançando o livro “O Segredo da Queima de 48 Horas”, onde detalha a base científica utilizada para a criação do método.

A partir da análise desses experimentos ele criou o Q48, que tem como premissas o forte e rápido estímulo ao corpo seguido de uma recuperação em movimento e a ativação de grandes grupos musculares. “Não interessa quantas calorias foram gastas durante o treino, mas sim o que acontece com o corpo depois: o metabolismo fica alterado até reestabelecer o equilíbrio, o que dura, em média, 48 horas”, explica.

Como é o Q48

Ao adquirir o programa online, o aluno recebe um login que dá acesso às vídeo-aulas do treinamento e documentos com orientações, como frequência e ordem em que os exercícios devem ser realizados. O treino é dividido em iniciante, intermediário e avançado. Uma planilha indica qual deles deve ser feito naquela semana, dependendo do seu nível de preparo físico (sedentários começam a partir do treino iniciante e quem já é fisicamente ativo começa a partir do intermediário).

Os treinos duram entre cinco e 15 minutos. Em determinados dias, o aluno também deve realizar um desafio no final, que dura menos de um minuto. Nas vídeo-aulas, o próprio Vinícius ensina a fazer os exercícios enquanto dá orientações gerais, e alunos também demonstram a realização do treino em tempo real.

Os treinos são divididos em blocos, sendo que cada um deles mescla exercícios intensos com descansos ativos curtos. Deste modo, a frequência cardíaca se mantém elevada durante todo o período. Os exercícios incluem burpee, flexão de braço, abdominais diversos, agachamento, afundo, corrida parada (sem sair do lugar), dentre outros.

Área de membros no site: acesso às vídeo-aulas e orientações

Emagrece mesmo?

Sim! O curto período do treino engana, mas acredite: 15 minutos são suficientes para te deixar exausta e esbaforida. Eu iniciei o treinamento no nível intermediário, pois já praticava atividade física, e achei as sequências bem pesadas. Ao final do primeiro treino, me surpreendi ao ver que havia transpirado aparentemente mais do que em uma aula de 1 hora de Power Jump ou spinning.

Segundo Vinícius, a média de perda de peso, em 8 semanas, é de 15 kg para pessoas obesas, 9 a 10 kg para pessoas com sobrepeso e 4 a 6 kg para quem tem um pouquinho de gordura sobrando.

Em 15 minutos de Q48, deu para suar mais do que em 1 hora de aeróbico intenso

Eu fiz o Q48 por três semanas e, durante este período, mantive a dieta que já vinha fazendo – priorizando proteínas e reduzindo carboidratos. Apesar de não ter tido mudanças significativas de peso (meu peso costuma variar bastante e chegou a aumentar em uma das semanas), a redução de medidas foi notável: perdi 4 cm de abdômen e 3 cm de cintura durante as três semanas.

Contrário a dietas rígidas, Vinícius recomenda que os alunos procurem se alimentar de maneira balanceada, dando preferência a alimentos naturais e orgânicos, tubérculos, proteína animal, frutas, ovos e saladas. “Esses não precisa controlar a quantidade, o cuidado é mais com os industrializados”, sugere, ressaltando que os direcionamentos dados pelo programa não substituem a conversa com um médico, personal trainer ou nutricionista.

O preparador ainda ressalta que, segundo um estudo, o praticante de HIIT tem uma redução de 16% no apetite, enquanto a realização de um aeróbico de longa duração aumenta a fome em 38%.

Qualquer pessoa pode realizar?

O criador do programa garante que sim, contanto que passe por avaliação médica prévia. “Obtendo a liberação do profissional, a menos que a pessoa tenha alguma restrição, pode realizar o Q48 normalmente, assim como acontece com qualquer outra atividade”, diz.

Segundo ele, “alta intensidade” é um termo relativo, pois depende do limite de cada um. Por isso, basta que o aluno realize os movimentos no máximo de sua capacidade para observar os resultados.

Nos vídeos, ele enfatiza que cada pessoa deve respeitar o que o próprio corpo está dizendo. “Se não está aguentando fazer aquele exercício, pode parar para respirar por 3 ou 4 segundos e retomar. O importante é respeitar a saúde, em primeiro lugar, e chegar ao final do treinamento do jeito que conseguir”, indica.

Calendário indica o treino a ser a realizado em cada semana e espaço para registrar a evolução

E depois das 8 semanas?

Ao terminar o programa, o aluno entra em contato com a equipe por e-mail para compartilhar os resultados e, a partir disso, é sugerido um novo modelo de treino, usando as mesmas vídeo-aulas.

“Podemos indicar, por exemplo, o treino nível avançado 3 dias por semana e intermediário nos outros 2, ou uma semana só com treino avançado. As combinações vão mudando para que o corpo não se acostume, e o aluno pode seguir com esse acompanhamento para o resto da vida”, conta.

Quanto custa?

Para adquirir o programa online de emagrecimento, basta acessar o site do Queima de 48 Horas e assinar o plano. É gerado um login com senha, que pode ser acessado de qualquer computador.

O valor é de 12 parcelas de R$ 57 cada (R$ 684 ao todo), que podem ser pagas no cartão de crédito.

Falando sobre isso

Leave a Reply