Retirar órgãos para evitar câncer é indicado? Entenda o que fez Angelina Jolie

Dois anos depois de uma cirurgia preventiva de retirada dos seios para prevenir o câncer de mama, a atriz Angelina Jolie declarou ter retirado também as trompas e os ovários, pela mesma razão. A notícia foi divulgada pelo jornal americano “New York Times”.

Segundo a atriz, que perdeu a mãe e a avó muito jovens para o câncer, ela tem uma mutação genética que representaria um alto risco de desenvolver a doença nas mamas ou nos ovários.

É possível evitar câncer?

O ginecologista e obstetra Domingos Mantelli explica que, quando há casos na família, a paciente deve realmente ficar mais atenta, visitando regularmente o ginecologista para realizar exames clínicos e cobrando sempre os resultados.

As intervenções cirúrgicas como as realizadas por Angelina Jolie podem ser necessárias em mulheres que possuem patologias ovariana, como no caso o câncer de ovário, e/ou a mutação do gene BRCA 1 e 2, que apontam os riscos de desenvolvimento do câncer.

Ao remover o órgão alvo da doença, elimina-se também as chances da doença aparecer neste local. “Estes procedimentos para prevenir câncer não são arriscados, contanto que os profissionais que atendam a paciente sejam capacitados e de boas recomendações. Também temos que levar em conta o comprometimento da paciente durante o pós-operatório, se ela atenderá fielmente as recomendações do médico”, diz.

Cirurgias da Angelina Jolie

No caso da cirurgia para retirar trompas e ovário, as únicas reações são a infertilidade e a menopausa precoce. “Os ovários são os órgãos responsáveis pela produção do estrogênio e progesterona. Quando os retiramos, consequentemente, paramos com a produção hormonal. Chamamos esta fase de “menopausa química precoce”. Este procedimento, de remoção das trompas e ovários, é indicado à mulheres que já possuem filhos, ou que não desejam tê-los”, finaliza.

 

Vimos em: Bosademulher

Esse conteúdo é de sua autoria? nos informe.

Falando sobre isso

One comment

  1. janemary pinheiro costa

    Acho muito importante eu tive HPV mais ate hoje tenho medo se eu tivesse coragem eu fazia tb

Leave a Reply