Rugas: 7 hábitos que aceleram o envelhecimento da sua pele

Alguns hábitos aceleram o envelhecimento natural da pele e provocam rugas. Combata os causadores das temidas marquinhas precoces e mantenha a pele saudável

os raios solares são responsáveis por 90% dos sinais prematuros de envelhecimento
Foto: Getty Images

Dependendo do caso, é possível eliminar praticamente todas as marcas precoces de envelhecimento com tratamento. Uma mulher jovem com sinais leves pode reverter esse quadro em quase 100% em, no mínimo, um ano de tratamento – que deve incluir cremes, filtro solar, peelings e laser. Nas fumantes, o processo é bem mais demorado: pelo menos cinco anos para perder o tom amarelado e recuperar a elasticidade. Já para aquelas que têm a pele envelhecida pelo sol, a notícia não é boa. Se a radiação solar alterou o DNA das células, não há tratamento que resolva.

1. Sol – Adeus, pele lisa!

“Se eu pudesse dar um conselho em relação ao futuro, diria: ‘usem filtro solar’.” A frase de um vídeo famoso na internet faz todo sentido. Os raios UVA e UVB são responsáveis por 90% dos sinais prematuros de envelhecimento. A radiação danifica o DNA das células, aumenta os radicais livres (átomos ou moléculas liberadas pelo corpo que causam problemas ao organismo), quebra as fibras elásticas e colágenas e ainda provoca manchas.

2. Má alimentação – Marcas moderadas

Alimentos ricos em nutrientes como selênio, licopeno, flavonoides, coenzima Q10 e vitaminas C, E e A reduzem os radicais livres e atuam na produção de colágeno e elastina. Na falta desses antioxidantes e da hidratação adequada, a pele fica mais flácida e as marcas surgem. Quem é muito gordo parece ter a pele saudável, mas não é bem assim. Ela só está “esticada”. Basta perder peso que as rugas se tornam visíveis.

3. Make – Danos leves

Se for de boa qualidade, a maquiagem até ajuda a bloquear a radiação solar. Mas se a limpeza no fim do dia não for benfeita, os resíduos obstruem os poros e, assim, impedem que os tecidos epiteliais fiquem oxigenados. Sem poder respirar, a pele fica mais oleosa e sem vida. Podem surgir ainda cravos e espinhas – que você vai querer disfarçar com mais maquiagem…

4. Álcool – Estrago evidente

O excesso de bebidas alcoólicas provoca o aumento dos radicais livres (eles, de novo!) e barra a absorção de vários nutrientes. Assim, o esforço para andar na linha com a dieta pode ser inútil caso você beba demais. A exceção feliz é o vinho – a uva possui resveratrol, um antioxidante.

5. Estresse – Estrago evidente

Rugas de preocupação não surgem só por causa da cara fechada. É que a adrenalina (hormônio da tensão) reduz a quantidade de proteína P53, gene que protege o genoma. Isso causa danos ao DNA, o que provoca o aumento de radicais livres. Como, em geral, o estressado come mal e dorme menos, a aparência sofre ainda mais.

6. Cigarro – Rugas explícitas

Logo atrás da radiação solar, ele é um dos maiores vilões da epiderme. A nicotina quebra as fibras colágenas e elásticas. Resultado: uma pele amarelada, enrugada, manchada e sem vida.

7. Falta de sono – Marcas moderadas

Quem tem o costume de dormir pouco fica não só com olheiras, mas com toda a pele com aspecto cansado. Isso ocorre porque, no momento do sono, é produzido o hormônio do crescimento (GH), responsável pela renovação celular e pela qualidade da cútis. Sem as preciosas horas para recarregar as energias, esses fenômenos simplesmente não acontecem.

vimos em:mdemulher

 

Falando sobre isso

Leave a Reply