Saiba como as emoções podem afetar a beleza de sua pele

Normalmente, as preocupações de beleza habituais tendem a se concentrar sobre os efeitos que os fatores externos têm sobre a pele. Todos estão expostos constantemente às consequências da poluição nas cidades e à mudança climática estampadas no rosto, preocupados com que produtos de beleza usar e o que comer para manter sua pele jovem. No entanto, é rara a ocasião em que se para para analisar como reflete na camada mais visível do nosso corpo que se origina nas profundezas: as emoções.

Quando emocional reflete na pele

A psicodermatologia é uma ciência que explica a estreita ligação entre mente e pele, estudando a causa psicológica de algumas doenças dermatológicas. Uma das conclusões de psicodermatologia, por exemplo, é que a tensão contínua pode levar a dermatite atópica, psoríase e acne.

Amor

O sentimento é capaz de irradiar luz, é o que dizem da pessoa que está vivendo um momento de felicidade causada pelo fato de estar apaixonada. Esse “brilho” não é uma simples figura de linguagem e, sim, algo que realmente se produz na pele dos apaixonados.

Quando se estabelece um vínculo com outra pessoa, tanto amoroso quanto familiar ou amizade, o corpo libera oxitocina, também conhecido como “hormônio do amor”, que tem efeitos positivos na beleza da pele. Além disso, a oxitocina regula os níveis de cortisol, um hormônio associado ao estresse que pode afetar negativamente a pele.

Quando você está feliz, seu rosto também transparece mais vida

Tristeza

Estar triste é tão ruim quanto parece, tanto para mente quanto para o corpo, por dentro e por fora. As pessoas tristes preferem ficar dentro de casa e não recebem quantidade necessária de vitamina D, e nem adquirem um tom bronzeado saudável. Além disso, como consequência da tristeza, os vasos sanguíneos se contraem, o que provoca uma pele ainda mais pálida. E chorar muito não é bom: acentua os pés de galinha ao redor dos olhos e os sais de lágrimas podem desidratar a pele.

Ansiedade

Diante de uma situação de ansiedade, preocupação ou medo, o corpo libera cortisol. Altos níveis desse hormônio provocam a inflamação das células cutâneas, bem como um aumento da secreção de sebo que pode causar o aparecimento de espinhas ou acne repentina. O cortisol também pode levar a um decréscimo do ácido hialurônico e colágeno nas células da pele, o que resulta numa pele seca e com mais rugas. Por último, a ansiedade afeta o sistema imunológico.

Estresse

Embora muito parecida com a ansiedade, esta emoção não tem necessariamente uma causa negativa. O efeito do estresse sobre os hormônios, sim, é o mesmo que te a ansiedade: um aumento do cortisol e consequências semelhantes para pele. As olheiras escuras ao redor dos olhos das pessoas muito estressadas, sua aparência cansada e tom de pele acinzentada se devem a esse hormônio.

Vimos em vix

Falando sobre isso

Leave a Reply