Sobrenome Silva é o mais usado no Brasil, Qual o motivo? Saiba agora

Como você se chama? Provavelmente você tem um primeiro nome que é só seu, e um sobrenome que divide com seus pais. Seu pai e sua mãe, por sua vez, trouxeram os sobrenomes dos seus avós, que os herdaram dos seus bisavós, e assim por diante. Mas de onde, afinal, veio o sobrenome Silva, que hoje é muito comum nas famílias brasileiras?

O sobrenome Silva é um dos sobrenomes mais populares no Brasil. O nome foi amplamente adotado por pessoas que chegaram ao Brasil e queriam começar uma vida nova sem vínculos com o passado na Europa. Muitos escravos após a Lei Áurea também adotaram o sobrenome Silva para começar as suas vidas como libertos.

O principal motivo era aproveitar o relativo anonimato que o sobrenome proporcionava (e ainda proporciona). Entretanto, também no Brasil, um atual ramo da família Silva, que está em sua quinta geração, é descendente dos reis de Leão de Portugal. Eles são uma importante família aristocrática brasileira no Amazonas, dos quais os representantes da 2ª geração herdaram durante o Brasil Império o baronato de Amazonas.

Negros africanos, que vieram para o Brasil como escravos, e dos quais tantos de nós descendemos, foram obrigados a deixar para trás seu passado, seu nome e a identificação de sua origem tribal. O “da Silva” (silva em latim, é selva, o que significa que a pessoa assim denominada tinha origem imprecisa, não se sabia ao certo de que cidade ou região ela procedia) foi fartamente atribuído àqueles que não traziam consigo um nome de família.

A maior parte dos sobrenomes que circulam no Brasil é de origem portuguesa e chegou aqui com os colonizadores. A maioria tem origem geográfica. Ou seja: no local em que a pessoa nasceu ou em que morava. Desta forma, Guilherme, nascido ou vindo da cidade portuguesa de Coimbra, passou a ser Guilherme Coimbra.

Falando sobre isso

Leave a Reply