Sutiã apertado demais pode causar danos à saúde

Mais do que um item de moda, o sutiã é uma peça que deve garantir conforto e segurança às mulheres. No entanto, grande parte delas usa o acessório do tamanho errado – algumas vezes como um truque estético, para salientar e tornar os seios mais firmes, e outras por simples falta de informação. O uso inadequado do item, no entanto, causa danos à saúde e ao bem-estar da mulher.

 

Usar sutiã apertado pode provocar problemas de postura, uma vez que o acessório comprime a coluna e faz com que a pessoa, inconscientemente, curve-se para frente, numa tentativa de aliviar a dor. Além disso, ele limita a mobilidade da mulher, causando dificuldade até para respirar. “No começo pode parecer só um desconforto, mas, a longo prazo, a mulher passa a sentir dores constantes”, explica a quiropraxista Elisa Dallegrave. “Um dos fatores mais perigosos é a limitação do movimento, que acaba mudando a biomecânica da coluna, ou seja, provoca uma mudança na maneira como a pessoa mantém a postura. Isso também pode acarretar outros problemas, como a dor de cabeça”, completa. Efeitos colaterais da má postura também incluem dores no estômago e fadiga.

Apesar de, no Brasil, muitas lojas não permitirem que as clientes experimentem roupa íntima, o ideal é sempre vestir o sutiã antes de comprá-lo, para analisar se está confortável e se oferece uma boa sustentação.

Elisa orienta que ele tem de estar solto, possibilitando que a pessoa faça todos os movimentos sem limitação. “A mulher deve conseguir respirar naturalmente, expandir bem o pulmão. O sutiã não deve comprimir a região dorsal, e as alças não podem pressionar os ombros para baixo”, indica.

Quando usa um sutiã de tamanho adequado, a mulher sente que o seio é puxado para trás, levando o peso às costas, e não para frente. Isso minimiza o efeito natural da gravidade. O peso dos seios tem de ser equilibrado entre as alças (20%) e a faixa das costas (80%).

Ao vestir o item, ele deve encaixar corretamente no corpo e não pode sair do lugar conforme os movimentos. Quando o tamanho está inadequado, a peça normalmente sobe quando se ergue os braços.

Se o bojo do sutiã está enrugado, os seios balançam ao andar ou você percebe que tem tendência a trazer os ombros para frente, você está usando o número errado de sutiã.

Segundo a especialista, o uso constante do acessório não é nocivo, desde que ele seja do tamanho adequado. No entanto, ela orienta que não se deve ir para a cama com a peça, e ainda desmente a crença de que dormir de sutiã garante maior firmeza aos seios. “Quando estamos deitados, a força da gravidade é mínima, então não vai fazer diferença”, esclarece.

Aprenda a escolher o tamanho certo de sutiã:

Vimos em: bolsademulher.com

Falando sobre isso

Leave a Reply