Toda noite, a mãe deste garoto de 9 anos injeta isto na sua barriga. Caso contrário, ele morre.

Os meninos Dylan Siegal e Jonah Pournazarian têm 9 anos de idade e se consideram melhores amigos. Desde que nasceram, os dois garotos americanos são inseparáveis. Mas há três anos, Jonah foi diagnosticado com uma rara doença chamada Glicogenose Tipo 1 (GSD). Esta alteração genética leva o portador a ter um nível de açúcar permanentemente baixo no sangue, ameaçando a sua vida de forma constante.

Apenas 500 pessoas tem essa doença no mundo, para a qual ainda não existe cura. A cada poucas horas, mesmo no meio da noite, os pais de Jonah precisam colocar dentro do seu estômago uma mistura de amido de milho e água usando um tubo. “Estamos sempre com medo de não escutar o despertador e perder a hora correta de alimentá-lo. A consequência é que ele pode ter um ataque cardíaco e morrer”, contam os pais Lora e Rabin, ambos com lágrimas nos olhos.

Quando fica sabendo da doença do amigo, Dylan, então com 6 anos, quer fazer de tudo para achar uma cura. Decidido, ele agarra seus lápis de cor e algumas folhas de papel. Após 2 horas em seu quarto, Dylan apresenta orgulhosamente seu primeiro livro: “Chocolate Bar” (“Barra de Chocolate”, em português). Essa é a expressão que ele usa para tudo que ele acha INCRÍVEL. E “Barra de Chocolate” é o termo perfeito para definir a sua amizade com Jonah, explicada ao longo do livro com sua caligrafia e seus desenhos de criança. Dylan quer doar o dinheiro das vendas do livro para laboratórios que pesquisem uma cura para a doença de seu melhor amigo.

Entretanto, ninguém poderia imaginar o que aconteceria em seguida. Desde o lançamento da campanha, mais de 25 mil cópias do livro foram vendidas em mais de 60 países ao redor do mundo. Com o custo por exemplar fixado em 20 Dólares (cerca de R$75), isso gerou uma arrecadação de mais de 1 milhão de dólares (cerca de R$ 3,5 milhões) em apenas 3 anos! Cada centavo adquirido vai para um programa de pesquisa que está bem próximo de encontrar uma cura. “Ainda não é realidade,” diz o diretor da pesquisa, o Dr. David Weinstein. “Mas a cura para esta doença já não é apenas um sonho.”

“Eu estou tão feliz de ter finalmente alcançado minha meta de 1 milhão de dólares,” diz Dylan maravilhado. Ele espera que outras crianças ao redor do planeta possam se inspirar com a sua história. “Eu vou continuar a arrecadação até a doença do Jonah ter uma cura. Eu não quero que ele sofra e quero que ele volte a ser saudável!”

Que linda amizade esses garotinhos tem! Dylan fez um livro caprichado, e com ele conseguiu ajudar a combater a doença de Jonah. Quem tem amigos tem tudo, não é mesmo?

 Este é um site de noticias,curiosidades e tratamentos,ele não subsitui um especialista.Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply