Um morador de rua o ajudou e ele lhe deu de comer em troca. Mas quando lhe mostrou uma foto da sua família…

Johnny Cavazos é um homem do Texas que garante que o destino realmente existe. Durante uma noite ele não conseguiu dormir, desta forma saiu para conferir algumas propriedades da sua família. Como sempre, Johnny dirigia a caminhonete que pertencia ao seu pai, que faleceu em julho de 2015.

Facebook

Enquanto dirigia, Johnny notou que uma das propriedades tinha alguns escombros. Ele começou a limpeza carregando os escombros e colocando-os na caminhonete. Então notou que um homem vinha de longe em sua direção.

O homem estava um pouco desalinhado e tinha uma perna machucada. Parecia cansado, mas se aproximou de Johnny e ofereceu a sua ajuda.

Qualquer um poderia pensar que o homem estava querendo dinheiro em troca, mas esse não foi o caso. Ele não pediu nada, só disse que “queria ajudar”.

O desconhecido admitiu estar em situação de rua e muito faminto. Disse que tinha dormido em uma igreja próxima durante a noite. Também confessou que esteve trabalhando por uns dias, mas o homem que o contratou não lhe deu nenhum alimento, nem água e nunca lhe pagou.

O senhor Cavazos levou o homem a um restaurante e pediu o maior prato que tinha. A princípio, o homem sem-teto protestou porque ele não poderia pagar pela comida. Ele até mostrou ao Johnny o conteúdo dos seus bolsos: umas bolachas secas, um rosário e dezesseis centavos em moedas.

Quase ofendido pela suposição do homem de que teria que pagar por sua comida, Johnny comprou a comida. O homem faminto orou antes de sequer tocar no hambúrguer e depois ofereceu metade ao Johnny.

Facebook

Enquanto Johnny dirigia e o homem comia, eles se tornavam cada vez mais amigos. O sujeito comentou como a sua caminhonete era bonita e Johnny explicou que pertencia ao seu falecido pai.

Ele mostrou ao homem um cartão do funeral que guardava na caminhonete e que tinha a foto do seu pai. O homem olhou a foto e, depois de olhá-la e pedir os óculos de Johnny emprestados para ver melhor, ficou muito emocionado.

Ele reconheceu o pai de Johnny, Sr. Juan Cavazos e sua esposa Araceli. Eles eram donos de uma farmácia. O desconhecido explicou que há anos vivia no México e sua filha estava morrendo. Ele precisava de medicamentos, mas eram muito caros. O pai angustiado caminhou até a farmácia do outro lado da fronteira e os Cavazos mostraram compaixão e fizeram o que puderam pelo homem e sua filha adoentada.

Facebook

O homem sem-teto disse que ele e sua esposa frequentemente falavam de como poderiam pagar pela sua amabilidade. Johnny garantiu ao homem que já tinha cumprido com o seu dever, pois tinha ajudado a limpar a sua propriedade e nem sequer pediu nada em troca.

Este é um site de noticias,curiosidades e tratamentos,ele não substitui um especialista.Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply