Um polêmico McDonald’s foi aberto no Vaticano

Cardeais católicos aparentemente merecem uma pausa hoje – e agora eles podem dar um pulinho no mais novo point, sim um McDonald’s abriu a poucos metros da avenida principal do Vaticano.

O McDonald’s abriu sexta-feira em um prédio do Vaticano, no distrito de Pio Borgo, em Roma, a cerca de 100 metros do Vaticano, foi o que informou a Agência de Imprensa Católica (Catholic Press Agency) neste domingo.

A abertura foi discreta, refletindo a oposição generalizada que começou quando descobriram os planos da abertura do restaurante – rapidamente apelidado de “McVatican” – que foram divulgados em outubro. O McDonald’s não fez nenhum anúncio, ea abertura não foi observada no jornal oficial do Vaticano, L’Osservatore Romano.

O jornal nacional La Repubblica informou que o McDonald’s pagará à Administração do Patrimônio da Sé Apostólica – basicamente, o supervisor do Vaticano – mais de US$ 30 mil por mês pelo piso inferior do prédio.

Mas o cardeal Elio Sgreccia, presidente emérito da Pontifícia Academia para a Vida, disse ao jornal que a decisão de alugar a cadeia de fast food quase 1800 metros de espaço para restaurantes era “aberrante” e “perversa”.

Screenshot_3

Dois outros McDonald’s também estão a poucos passos do Vaticano – a apenas algumas centenas de metros do Museu do Vaticano e outra cerca de 200 metros de distância no Viale Giulio Cesare. (E há um Burger King no meio do caminho entre eles.)

O que torna o McVatican tão controverso, no entanto, é que ele está na propriedade real do Vaticano. Não só isso, mas ocupa o piso inferior de um edifício que também abriga vários cardeais seniores – entre eles Gerhard Ludwig Müller, prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, o escritório do Vaticano responsável pela supervisão ortodoxia da igreja.

Sgreccia disse a La Repubblica que nenhum preço é alto o suficiente para justificar a “desgraça” de vender comida “insalubre” que eu nunca iria comer “em tal lugar.

“Repito, vender mega sanduíches em Borgo Pio é uma desgraça”, disse ele. O dinheiro do aluguel poderia ser melhor usado para ajudar “os necessitados da área … e sofrendo, como o Santo Padre ensina”, disse ele.

Falando sobre isso

Leave a Reply