Uma jovem vai até a cozinha e tira alguns comprimidos do armário. Quando ela acorda, a ponta de seus dedos estão mortas.

AVISO: Este artigo contém imagens que alguns leitores podem achar perturbadoras.

A adolescente australiana Elle Lietzow e sua família passaram por momentos difíceis como resultado de sua luta com a anorexia nervosa. Como alegado em dezembro de 2015, a desordem alimentar de Elle a deixou pesando míseros 36 kg e quase lhe custou a vida. Mas parecia que Elle estava finalmente superando a doença e levando uma vida muito mais saudável.

Quando Elle descobriu os benefícios de uma dieta vegana, a menina, que um dia foi obcecada por calorias, se transformou em uma apaixonada chef amadora. Ela redescobriu seu amor pela comida e até compartilhou a história de sua doença e recuperação, junto com saborosas receitas em várias redes sociais. Com a história dela tocando muita gente e suas receitas deliciando muitos paladares, ela logo ganhou muitos fãs seguidores e apoiadores.

Mas a depressão e a dolorosa baixa autoestima que originalmente causaram a doença não desapareceram simplesmente quando o peso dela voltou ao normal. Ela estava preocupada com o seu futuro e se sentia fracassada. Ela eventualmente se convenceu de que era um fardo para a sua família e amigos. Em sua mente, ela pensou que todos ficariam melhor sem ela.

Uma manhã, em março de 2016, após brigar com sua mãe e irmã, Elle sentiu que a pressão para ser “normal” era demais para ela. No desespero, ela tomou uma grande quantidade de comprimidos com bebida alcóolica. Felizmente, os pais dela a encontraram a tempo, deitada inconsciente em sua cama.

Os médicos tentaram desesperadamente estabilizar a circulação de Elle e evitar que o cérebro dela sofresse lesões por falta de oxigênio. Quando a pressão sanguínea dela caiu repentinamente, eles foram forçados a colocá-la em coma induzido para salvar sua vida.

Os médicos conseguiram salvar a vida de Elle, mas teve um custo. Os fortes medicamento necessários para aumentar a pressão sanguínea dela acabaram tendo um terrível efeito colateral: a circulação em três de seus dedos era fraca demais e as pontas dos dedos morreram.

O tecido nos dedos dela desenvolveram uma necrose ficando pretos e secos. Após um tempo as células mortas dos dedos caíram e as pontas tiveram que ser costuradas.

Em maio de 2016, Elle contou sobre sua tentativa de suicídio e as terríveis consequências que isso teve em sua saúde. Naquele momento, a jovem parecia bastante deprimida e derrotada. Mas em agosto ela fez um novo vídeo enquanto estava no hospital retirando os pontos dos dedos.

Elle explicou para seus espectadores que ela receberia uma prótese nas pontas dos dedos. Ela se considera muito sortuda por ter sobrevivido à tentativa de suicídio, mas, também, por ter se recuperado sem dano cerebral. Ela encontrou coragem e está determinada a lidar com os problemas psicológicos que a levaram a querer por um fim em sua vida.

Elle é extremamente grata que o seu momento de desespero não acabou tão mal quanto poderia. Mais uma vez, ela ganhou outra chance na vida. Esperamos que ela e sua família possam permanecer fortes e trabalhar por dias melhores adiante. Afinal de contas, onde ainda há vida, há esperança.

Vimos em naoacredito

 

Falando sobre isso

Leave a Reply