Uma Mulher Viveu Com Uma “Gravidez” Misteriosa Por 3 Anos

No ano de 2013, Margaret Mcmahon, 48, de Belfast, Irlanda, solicitou ajuda médica devido a um inchaço estomacal e a dores constantes. Ela foi diagnosticada com síndrome do intestino irritável, que é uma doença desconfortável e bastante comum. Porém, ela não sofria de um inchaço comum. Na verdade, ela sentia que se estivesse grávida, com uma barriga igual a um balão e com vontade frequente de urinar. Margaret que já tinha tido dois filhos, disse que era como se estivesse passando por uma gravidez interminável. A única exceção era que o bebê nunca nascia.

31

Após anos sofrendo de dores crônicas nos quadris e na parte inferior das costas, e mulher suspeitou que o diagnóstico da síndrome do  intestino irritável havia sido um erro. A pressão na bexiga era bastante severa e causava dores abdominais agudas. Margaret não era mais capaz de ter uma vida normal. Ela teve que largar o emprego. A despeito da sugestão do médico, ela insistiu em fazer uma tomografia. Os resultados revelaram uma massa enorme em seu abdômen, que era um mioma uterino não cancerígeno.

Acontece que os miomas são bem comuns em mulheres com mais de 30 anos, mas no geral, eles são pequenos. Se forem grandes, as pacientes pode vivenciar períodos menstruais mais intensos, constipação, dores pélvicas e dores durante o ato sexual. Porém, Margaret Mcmahon, foi uma exceção infeliz, com um mioma de 18 centímetros, que havia crescido do tamanho de uma melancia. Três anos com um diagnóstico errado levaram à uma inevitável histerectomia.

32

Após anos de sofrimento constante, a mulher ficou feliz por poder retornar à sua vida normal, e saiu de férias com sua família.

Por fim, Margaret Mcmahon acusa a falta de informação sobre miomas anormais pelos seus três anos de “gravidez”. Ela espera que sua história possa impactar, de forma positiva, a educação médica e que possa contribuir para a saúde e bem-estar das mulheres ao redor do mundo.

Vimos em perfeito.guru

Falando sobre isso

Leave a Reply