Unha amarela, esbranquiçada e até avermelhada: o que a cor diz sobre a saúde

Cuidar bem das unhas não é apenas uma maneira de mostrar que você se importa com a aparência. Além de evitar erros na hora de fazer as unhas e ficar atenta aos riscos que você corre em um salão de beleza, observar o aspecto delas ajuda até mesmo a identificar problemas de saúde.

Em média, as unhas das mãos crescem 0,1 milímetro por dia, já nos pés o processo é mais lento, podendo levar de 6 a 8 meses para serem totalmente renovadas. Por serem porosas, também precisam de hidratação constantes para evitar quebras e ressecamento. Vale ficar atenta ainda se existe alteração de coloração das unhas. Saiba o que a cor pode dizer sobre a saúde dela:

Unhas amareladas: a coloração geralmente está associada à ação de fungos e pode ser causada por uso de determinados medicamentos ou mesmo resíduos de esmaltem que provocam pigmentação da lâmina da unha.

Unhas esbranquiçadas: uso de remédios, traumas ao remover a cutícula, anemia e disfunções renais são algumas das possíveis causas da coloração que indica uma alteração na matriz da unha.

Unhas amarronzadas: a coloração fora do normal atinge mais as pessoas de pele negra e são mais comuns nas unhas dos pés, provocada por sapatos apertados demais. Pode ser ainda uma decorrência de um trauma ou fungo. Se a cor marrom, no entanto, atingir toda a unha, pode ser indício de melanoma.

Unhas avermelhadas: uso de alguns medicamentos e alterações vasculares podem provocar a coloração anormal nas unhas. Doenças autoimunes, que aumentam os vasos na região da cutícula, também podem deixar as bordas das unhas avermelhadas.

 vimos em:bolsademulher

 

Falando sobre isso

Leave a Reply