Unhas irregulares ou onduladas podem ser causadas por manicure mal-feita

Essa característica das unhas também pode estar relacionada a problemas de saúde ou ao envelhecimento natural

Algumas pessoas sofrem com unhas que apresentam superfície irregular ou ondulada. Às vezes nem mesmo lixar a parte superior da unha e aplicar base e esmalte consegue esconder essas alterações. Há diversos tipos de irregularidades que podem surgir na superfície das unhas. Veja os principais tipos e quais são suas causas mais comuns:

Sulcos longitudinais paralelos

Esse tipo de irregularidade é caracterizada por risquinhos que surgem nas unhas e podem estar presentes em uma delas, em várias ou mesmo em todas. Quando isso acomete todas as unhas, normalmente ela é um sinal do envelhecimento das unhas: assim como os cabelos ficam brancos, as unhas ficam irregulares. O único tratamento possível é lixar e aplicar base e esmalte. As unhas tendem a ficar com um bom aspecto após terem sido tratadas dessa forma.

Quando esse sulco é único e atinge apenas uma unha, a maior chance é que isso seja causada pelo hábito de cutucar a cutícula daquela determinada unha. O sulco central fica com aspecto de tanque de lavar roupas. O tratamento é interromper o trauma e aguardar o restabelecimento da saúde da unha.

Entre as causas mais raras deste mesmo quadro estão cistos e tumores que atingem a matriz da unha (parte do corpo em que ela é fabricada). Essas lesões geralmente se acompanham de dor e de inchaço da região próxima à cutícula. Pacientes com reumatismo podem ter um quadro semelhante.

Sulcos transversais

Esse tipo de irregularidade pode ser profunda ou mais superficial e atingir uma ou mais unhas. A causa mais comum desse tipo de problema é a manicure agressiva, que danifica a matriz da unha ao empurrar a cutícula com muita força. Se for este o problema, basta evitar este trauma que a unha irá se recuperar completamente entre 3 e 9 meses (dependendo se é dos pés ou das mãos).

Uma situação muito particular pode ocorrer em crianças e adultos que estejam passando por uma doença grave com internação, uso de quimioterápicos, febre prolongada, infecções, entre outros etc. Neste caso, há uma parada na produção da unha com posterior recuperação. Isso pode deixar um sulco de profundidade variada, que estará presente em todas as unhas, geralmente na mesma altura.

Outra causa de irregularidade das unhas ocorre quando a pessoa mexe com água e produtos químicos ou de limpeza e perde as cutículas, que são a proteção da fábrica das unhas. Nessa doença existe um inchaço da região abaixo da cutícula e unhas totalmente irregulares, mas o quadro pode se iniciar com sulcos transversais sobrepostos.

Unhas rugosas

Quando as unhas estão cheias de rugas, despolidas e com vários risquinhos, pontinhos brancos e buraquinhos, essas características podem ser o indício de uma doença dermatológica das unhas. É importante procurar o dermatologista para que o diagnóstico correto seja feito e o tratamento iniciado o quanto antes.

Várias dessas doenças podem ser tratadas com excelente resposta aos medicamentos, desde que o diagnóstico seja feito logo no início dos sintomas. O diferencial dessas doenças é feito com micose, que é mais comum e, apesar do tratamento ser demorado, mais fácil de tratar, sobretudo no início.

Como evitar e cuidar do problema

Diante de tudo isso, minha dica para quem está com este problema é:

  • Evite empurrar as cutículas com força. Prefira usar produtos para amolecê-las e remova apenas o excesso com o auxílio de uma cureta
  • Nunca cutuque suas unhas. Isso pode levar a sequelas e deformidades sem volta
  • Diante de unhas com risquinhos paralelos: lixe suavemente a superfície das unhas e aplique a base e o esmalte
  • Evite usar base de formol para tentar resolver esse tipo de problema, mesmo que as unhas estejam se partindo nas pontas: o formol só agrava o quadro, porque faz as unhas ressecarem e perderem água. Além disso, eles podem tornar as unhas doloridas, mascarando sintomas
  • Caso as suas unhas comecem a piorar ou estejam doloridas é importante procurar um especialista porque você pode estar com alguma doença inflamatória das unhas, como a psoríase, por exemplo
  • Caso haja, além da alteração da superfície, mudança da cor das unhas ou inchaços e deformidades não perca tempo e vá ao dermatologista. Esses são sinais de alerta dos tumores das unhas!

Vimos em http://www.minhavida.com.br/

Falando sobre isso

Leave a Reply