Vídeo de policial salvando mulher presa de seu carro em chamas impressiona

Kim Novak, uma mulher de Spokane – cidade com pouco mais de 200 mil habitantes nos Estados Unidos -, está chamando um oficial da polícia local de seu “anjo”, depois de ela ter sido puxada, por ele, das chamas de seu carro após um acidente. Tudo foi gravado por uma câmera.

O vídeo, filmado com uma câmara fixada no corpo do policial Tim Schwering, mostra o oficial quebrando a janela do carro com um bastão e tentando freneticamente salvar a mulher, presa dentro de seu carro envolto nas chamas.

Screenshot_2

Kim Novak contou os detalhes

Kim Novak disse que tinha ido para uma loja para comprar sorvete quando bateu em um monte formado pela lama e neve na estrada. O carro travou e ela não conseguiu sair do local.

“Sinceramente pensei que não poderia mais sair de lá. Pensei que ia morrer lá dentro e assim que o pânico começou a me tomar pois eu tinha feito de tudo para sair, as portas não abriam e nem os vidros, mas consegui voltar a minha razão”, disse Kim Novak.

“Comecei a discar 911 (telefone de emergência dos Estados Unidos). As chamas estavam vindo para cima de mim. Estava acontecendo tão rápido e eu pensei que deveria ser mais rápida ainda”, completou.

Screenshot_3

O policial e a resgatada

O vizinho de Kim viu as chamas e imediatamente correu para ajudar o oficial a tirá-la da janela do carro. Milagrosamente, ela saiu sem ferimentos. A causa do incêndio ainda é indeterminada e o veículo sofreu perda total.

Agora, ela está agradecendo a quem ela chama seus “dois anjos”.

O oficial Schwering não só ajudou a salvar a vida de Kim Novak, como também trouxe sorvete e uma garrafa de vinho no dia seguinte. “Fiquei feliz por estar lá para poder ajudá-la”, disse ele.

“Eu sempre vou abraçá-lo! Ele, agora, está ligado a mim por toda a minha vida”, afirmou Kim Novak.

Assista os momentos de muita tensão onde Novak foi tirada do carro, em chamas, pelo oficial de polícia:

Este é um site de noticias, curiosidades e tratamentos, ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Falando sobre isso

Leave a Reply