Você nunca vai adivinhar a idade deste bebê. Nem os médicos conseguem entender como isso é possível.

Quando Brooke Greenberg nasceu por cesariana em 1993, os pais dela estavam extasiados por recebê-la neste mundo. Tirando o fato dela pesar só 1,8 kg quando nasceu e ter recebido uma pequena intervenção para consertar um problema nos lábios, Brooke foi declarada como sendo um bebê saudável. Os médicos que fizeram o parto dela não tinham a menor ideia de que esta menina logo se tornaria um dos mais inexplicáveis mistérios médicos da história moderna.

Quando os Greenbergs levaram sua filha para casa, tudo parecia bem a princípio. Mas quando semanas e meses passaram, algo muito estranho aconteceu: parecia que a filhinha deles não estava crescendo muito. Os pais buscaram aconselhamento médico, mas até os médicos estavam intrigados do motivo pelo qual Brooke parecia não se desenvolver. Apenas seu cabelo e unhas cresciam, enquanto o seu corpo permanecia o mesmo. Mas aos quatro anos, Brooke parou de crescer definitivamente. O caso era tão incomum que os médicos tiveram que dar um nome especial: Síndrome X.

Nos primeiros seis anos da vida dela, Brooke sofreu de uma série de doenças e milagrosamente sobreviveu. Um exemplo delas ocorreu aos quatro anos quando Brooke entrou em coma de repente. Os médicos determinaram que o coma era resultado de um tumor no cérebro. Os pais dela começaram a temer que sua morte fosse iminente, tanto que começaram a buscar um caixão para a filha. Mas depois de 14 dias, Brooke acordou do coma e o tumor havia desaparecido. Mais uma vez, os médicos não tinham explicação para a recuperação repentina da menina.

Após uma infância cheia de doenças estranhas, Brooke se manteve saudável na adolescência e no início da fase adulta, mesmo que suas faculdades mentais nunca avançaram além das de uma criança de dois anos. Fisicamente, o corpo de Brooke permaneceu do tamanho do de uma criança por toda a sua vida.

O vídeo abaixo (em inglês) conta a vida de Brooke e os desafios que ela encarou:

Infelizmente, Brooke não viveu muito e faleceu em 2013, aos 20 anos, por causa de uma broncomalácia, uma doença que causa dificuldades de respiração em crianças.

Este caso impressionante de Brooke Greenberg ilustra a família amorosa que ela teve. Apesar dos desafios médicos que Brooke enfrentou, a família dela ficou ao seu lado para ajudá-la a ter a melhor vida possível. Que exemplo inspirador!

Vimos em naoacredito

Salvar

Falando sobre isso

Leave a Reply