Você pode contrair doenças graves ao compartilhar a toalha de banho (mesmo com o namorado)

Segundo informações do site do Dr. Drauzio Varella, o HPV é um vírus celular obrigatório, isto é, precisa estar dentro de outra célula para desenvolver sua atividade. Acredita-se que a transmissão ocorra no contato sexual pelo atrito de uma mucosa com outra infectada. Está provado, no entanto, que esse vírus é encontrado ainda vivo em sabonetes, vaso sanitário, em toalhas e, apesar de não ser possível determinar com exatidão seu poder de contaminação dessa forma, pode ser que ele fique frágil fora da célula, essa possibilidade existe.

O tema é controverso. Muitos especialistas sugerem que é muito difícil um vírus ou bactéria sobreviver em uma peça de roupa íntima (cueca ou calcinha), ou em uma toalha de banho. Na dúvida, o melhor é evitar compartilhar roupas íntimas e toalhas, até porque existem outros perigos, além do HPV, que não são apenas sexualmente transmissíveis, e podem ser transferidos pela toalha. Conjuntivite é um exemplo.

A herpes, outro exemplo, é uma doença altamente contagiosa que se pega através do contato direto com a ferida da herpes de alguém, pelo beijo, no banheiro, pela roupa ou até mesmo pelo ar, no caso da herpes zóster. O contato com algum objeto infectado com o vírus é altamente contagioso na fase em que a ferida está cheia de líquido. Porém, alguém recentemente contaminado pode demorar anos para desenvolver os primeiros sintomas. Por isso, todo cuidado é pouco.

Toalhas com mau cheiro ou com sinais de bolor podem ser a causa de uma série de outros problemas de saúde, como micoses e infecções. Uma boa higiene e sol é fundamental para evitar, dentre outros problemas, a proliferação de germes e bactérias e o contágio também de doenças dermatológicas.

Cuidados com a toalha de banho:

– Peças novas, recém-compradas devem ser lavadas antes do uso. Nunca se sabe onde e por quanto tempo ela ficou exposta na loja e com o quê entrou em contato.

Mantenha as toalhas sempre secas e frescas

– Nunca compartilhe a mesma toalha entre vários membros da família. O ideal seria que cada um tivesse sua própria toalha de rosto também.

– Sempre após o uso, procure estender as tolhas em locais frescos e arejados. O banheiro não é o lugar mais adequado, pois além de úmido, facilita o contato das toalhas com coliformes fecais.

– Evite toalhas molhadas, guardadas em cestos de roupas e que não veem o sol há muitos dias. O hábito de usá-las pode aumentar a proliferação de germes e bactérias que, em contato com o corpo, podem causar doenças dermatológicas e problemas no couro cabeludo.

– Troque as toalhas com frequência. Sugere-se que as tolhas de banho também sejam trocadas, assim como as de rosto, e lavadas, em média, duas vezes por semana.

vimos em:bolsademulher

Falando sobre isso

Leave a Reply